AGENDA // 18/11 // KEZIAH JONES @ Opinião

EISENBAHN JAZZ’N’BLUES APRESENTA:

KEZIAH JONES

Onde: Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)

Quando: 18 de novembro, terça-feira, a partir das 21h.

Abertura da casa: 19h30

Classificação: 14 anos

Ingressos:
Pista – LOTE PROMOCIONAL: R$ 50 (com direito a uma cerveja Eisenbahn Pilsen)
Pista – 1º lote: R$ 60 (com direito a uma cerveja Eisenbahn Pilsen)
Pista – 2º lote: R$ 70 (com direito a uma cerveja Eisenbahn Pilsen)
Pista – 3º lote: R$ 80 (com direito a uma cerveja Eisenbahn Pilsen)

PONTOS DE VENDA:
Oficial: Youcom Bourbon Wallig
Outros (sujeito à de taxa de conveniência): Youcom Shopping Praia de Belas, Bourbon Ipiranga e Barra Shopping Sul
Online: www.minhanetrada.com.br/opiniao

INFORMAÇÕES: www.opiniao.com.br / www.twitter.com/opiniao / (51) 3211-2838

KEZIAH JONES

O projeto Eisenbahn Jazz’n’Blues entra no próximo mês com mais uma grande e interessantíssima atração internacional. O cantor e guitarrista nigeriano Keziah Jones, conhecido mundialmente pela sua mistura de blues, funk e ritmos africanos, vai se apresentar pela primeira vez no Opinião, no dia 18 de novembro. O cara, comparado a ícones como Fela Kuti, Miles Davis, Ben Harper e Jimi Hendrix, virá a Porto Alegre para divulgar o seu mais recente trabalho de estúdio, o refinado “Captain Rugged”, lançado no ano passado. Com muito talento e originalidade, Keziah Jones, figura frequente no line-up do Festival de Jazz de Montreux, vai animar o público gaúcho com as suas músicas dançantes e repletas de groove.

Keziah Jones - New Imag 2 by Clement Caron

Olufemi Sanyaolu, conhecido pelo nome artístico Keziah Jones, nasceu em Lagos, na Nigéria, em 1º de outubro de 1968. Filho de uma grande família Yoruba, cresceu na Inglaterra e começou a tocar piano com treze anos de idade. Mas foi através da guitarra, iniciada três anos depois, que o músico se revelou ao mundo. Descoberto tocando no metrô de Paris, em 1991, pelo diretor artístico da Delabel, hoje Keziah Jones é considerado um gênio da guitarra elétrica.
Conhecido por seu jeito de tocar à lá Jimi Hendrix e por ter uma sonoridade similar a Lenny Kravitz e Ben Harper, Keziah criou seu próprio gênero musical, o blufunk, que mistura o funk ao blues acústico, através da técnica de slapping. E foi assim que se estabeleceu na cena internacional, como um bluesman cosmopolita, um tipo de músico-filósofo. Com o single “Rhythm is Love”, conquistou notoriedade mundial pela influência da personalidade política e moral do seu conterrâneo Fela Kuti.

Depois de se apresentar pela primeira vez no Brasil como atração do Festival Back 2 Black, realizado em 2013 no Rio de Janeiro, Keziah está de volta ao país para apresentar o seu novo disco, chamado “Captain Rugged” (2013). A discografia do cantor e instrumentista conta ainda com os discos “Blufunk is a Fact” (1992), “African Space Craft” (1995), “Liquid Sunshine” (1999), “Black Orpheus” (2003) e “Nigerian Wood” (2008), além da coletânea “Rhythm is Love – Best Of” (2004).

    EISENBAHN PILSEN

A Eisenbahn Pilsen foi desenvolvida para agradar a todos os paladares, pois a cerveja desse tipo é a mais conhecida no Brasil e também a mais consumida no mundo. É uma cerveja clara puríssima do tipo Lager, de baixa fermentação, suavemente amarga e de médio teor alcoólico (4,8%). De coloração dourada, a Eisenbahn Pilsen traz em cada copo o verdadeiro sabor das cervejas de puro malte. Suas principais características são a pureza, transparência e sabor, que não tem comparação com as nacionais, lembrando muito as importadas alemãs. Para sua fermentação são utilizadas leveduras que resultam no processo chamado de baixa fermentação, ou fermentação a frio.

Compartilhe a cultura
Comente!